Como funcionam as dietas LowCarb?

Uma dieta que caiu no gosto das pessoas que querem emagrecer é a famosa LowCarb, ou seja, com baixo carboidratos. Mas como é pensada essa dieta? Todos os carboidratos são cortados? Hoje vamos responder essas questões!

Essa dieta tem o mesmo intuito de várias outras: o emagrecimento.  A ideia é reduzir a quantidade de carboidrato ingerida, mas, sem excluí-lo totalmente das refeições. Por que não corta-los totalmente da dieta? A nutricionista Raiara Forcelini fala que “o carboidrato é a principal fonte de energia do nosso organismo, e quando excluímos totalmente de nossa alimentação entramos em processo de cetose, que por sua vez causa diversos efeitos colaterais no organismo, como náuseas, tonturas, dores de cabeça e  irritabilidade”.

guia-low-carb

E para quem acha que essa é uma boa forma de perder peso de forma rápida, é bom saber que nem sempre isso vai funcionar. “Para algumas pessoas pode ser uma boa estratégia de emagrecimento, enquanto  para outras pode não ser a melhor forma”, indica Raiara. Por isso a importância de ter sempre o acompanhamento de um profissional capacitado.

Vale lembrar que a dieta Lowcarb não deve ser considerada um estilo de vida como é a reeducação alimentar, mas sim, uma estratégia para perda de peso. Ela deve ter uma curta duração, período esse que deve ser avaliado por um nutricionista, levando em consideração que alguns podem tolerar mais ou menos tempo de dieta. É preciso ter cuidado quando feita por longos períodos, pois pode haver uma sobrecarga de alguns órgãos do nosso corpo, como os rins e o fígado. “Além disso, quanto maior o tempo de restrição, maior a capacidade do organismo em absorver carboidratos quando eles forem reintroduzidos em quantidades maiores, o que provocará o efeito sanfona”, completa a nutricionista.

            Durante o período de restrição, alimentos como legumes, verduras, carnes, ovos e oleaginosas são priorizados e outros como pães, massas, tubérculos, doces, refrigerantes, sucos, açúcares, sorvetes e biscoitos não devem ser consumidos.

Também é preciso ter cuidado na hora de reintroduzir os carboidratos na alimentação, pois o organismo pode absorver carboidratos quando eles forem reintroduzidos em quantidades maiores, provocando o efeito sanfona. Raiara indica que “crianças, adolescentes e gestantes, devem evitar a dieta lowcarb, já que estão em fases importantes da vida, onde se necessita de bons carboidratos, mas não de sua restrição”.

Para finalizar, a nutricionista indica uma receita lowcarb, mas é sempre importante reforçar: procure um nutricionista antes de iniciar qualquer dieta.

sopa-de-frango-com-legumes

Sopa de frango com legumes

Ingredientes:

140g de frango picado ou desfiado

01 xícara de legumes picados (exemplo couve flor, brócolis, berinjela)

Temperos a gosto

Modo de preparo:

Refogar o frango, temperos, pitada de sal e legumes. Ir acrescentando água até que o frango esteja cozido e os legumes macios.

Prontinha. Servir quente. Rende 1 porção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s