Melanoma: um dos perigos dos raios ultravioletas

Sabemos o quanto o uso do protetor solar é importante para manter a proteção da pele contra os raios ultravioletas. Uma das consequências de não tomar esse cuidado são os melanomas, um tipo de câncer de pele que tem origem nas células que produzem a pigmentação da pele. Ele é considerado um tumor maligno e grave, por conta do seu potencial de produzir outras lesões na pele.

De acordo com o médico Asdrubal Cesar da Cunha Russo, baseado em informações do Instituto Nacional do Câncer (INCA), “embora o câncer de pele corresponda a 30% de todos os registrados no país, o melanoma representa 3% de todas as neoplasias de pele”.

            melanoma solEntre os principais fatores que levam a essa doença estão histórico familiar, pessoas de pele clara e longa exposição à radiação ultravioleta e principalmente as queimaduras solares. Esses também são fatores de risco, por exemplo: pessoas que possuem pele do Tipo I e II, de acordo com a Escala Fitzpatrick, olhos, cabelos e pele claros, constituem o grupo mais propenso ao desenvolvimento de melanoma.

            Aproximadamente 10% dos casos estão intimamente ligados com a história familiar, o que sugere predisposição hereditária para o desenvolvimento da doença.  Além disso, doenças ou tratamentos que deixam o sistema imunológico mais sensível aumentam o risco de desenvolvimento da doença. Por exemplo, pacientes com órgãos transplantados que utilizam imunossupressores e pessoas infectadas com o HIV possuem esse risco aumentado.

            O tratamento, de acordo com o médico, dependerá do tipo histológico do tumor, além da extensão e se existe comprometimento de outros órgãos, caso se espalhe. Antes mesmo do tratamento, é importante ficar atento a prevenção desses problemas. Evitar a exposição aos raios ultravioletas é uma das formas. Além disso pessoas com história pessoal ou familiar de melanoma, devem realizar avaliações periódicas com o seu médico de confiança ou dermatologista.

Dicas de como reduzir o risco de ter um melanoma:

melanoma prevenção

  • Proteja-se do sol quando estiver ao ar livre.
  • Procure ficar preferencialmente à sombra e evite exposição prolongada diretamente sob a luz solar, especialmente entre às 10 horas e 16 horas, quando a radiação UV é mais intensa.
  • O uso de roupas adequadas, como camisas de mangas compridas, calças ou saias longas oferecem mais proteção, além disso o uso de chapéu com aba larga é o ideal, pois protege orelhas, olhos, nariz, couro cabeludo e face.
  • Procure utilizar protetor solar, especialmente nas áreas de pele expostas ao sol, principalmente entre às 10 horas e 16 horas, com fator de proteção solar (FPS) 30 ou maior. Utilize mesmo em dias nublados, pois a radiação UV também está presente.
  • Óculos com capacidade de bloquear a radiação UV, oferecem a melhor proteção para os olhos e a área da pele ao redor dos olhos.
  • Câmaras de bronzeamento artificial podem oferecer sérios riscos de desenvolvimento de tumores de pele, entre eles o melanoma, além disso aceleram o processo de envelhecimento cutâneo.
  • Observe sua pele regularmente a procura de pintas novas ou irregulares e alterações da forma, cor e tamanho. Alguns tipos de pintas apresentam um risco aumentado de desenvolver um melanoma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s