Estresse, o inimigo da qualidade do sono!

Dormir bem é fundamental para uma vida saudável e o bom desempenho de suas tarefas diárias. Quando o sono chega em momentos inapropriados é sinal de algo está errado. As noites mal dormidas podem estar relacionadas a algo muito comum nas rotinas da vida moderna, o estresse!

iStock_000039776770LargeO estresse é prejudicial a saúde e confronta a qualidade de sono. Causado pelas mais variadas preocupações, o estresse provoca ansiedade e desconfortos prejudiciais à saúde. A partir destes fatores a qualidade do sono fica comprometida e dormir menos do que o seu habitual significa passar o dia sonolento e com irritação. Além do mais, essas horas de sono acumulam-se. Segundo a pesquisa Estresse nos Estados Unidos, da Associação Americana de Psicologia (APA), 43% dos adultos dizem que o estresse os faz ficar acordados à noite, e mais de 50% dos adultos relatam sentir-se lentos ou preguiçosos depois de uma noite de pouco sono.

disturbio-do-sonoQuando em estado de estresse, a mente fica cheia de pensamentos em vez de desligar à noite. Isso causa a inibição de funções importantes envolvidas na memória, reparação muscular e humor. Quando não dormimos o suficiente, a imunidade também diminui. Pessoas que experimentam estresse constantemente são mais vulneráveis a sofrer com insônia, e cada fator de estresse adicional aumenta o risco do distúrbio em 19%, segundo pesquisa recente publicada em “SLEEP”.

Alternativas saudáveis para ficar livre do estresse

Como-começar-a-praticar-caminhadaPara reduzir os níveis de estresse, existem alternativas saudáveis, que vão desde a prática de exercícios físicos, até um contato mais próximo com a arte. Caminhadas, corridas, sair para pedalar são alternativas que demandam tempo e pouco investimento financeiro. Para quem tem interesse em investir efetivamente, existem cursos, hobbies e práticas para todos os gostos. Para pessoas que não são tão adeptas ao esporte, passeios em lugares tranquilos, leituras e música são opções acessíveis e geram resultados significativos. Nenhuma das alternativas substitui a importância de acompanhamento médico, mas são opções complementares ao trabalho de profissionais terapeutas, psicólogos e psicanalistas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s